Blog

Dicionário em Inglês 📖🙇‍♂️

Dictionary

Como diferenciar dicionários em inglês e quais escolher

Quem fala, aprende palavras novas. Aprendemos muitas palavras pelo contexto no qual foram usadas. Mas o dicionário se tornou um grande aliado para nosso crescimento linguístico na nossa língua materna, logo o dicionário em inglês cumpre esse papel e outros para nossos estudos de inglês. Consultamos um dicionário em inglês para entender significado, ver exemplos de uso, expressões comuns com certa palavra e até mesmo se estamos soletrando corretamente ou confirmando o que suspeitamos que fosse a definição de uma palavra. Por isso quando usamos um dicionário em inglês, devemos ser criteriosos quanto a escolha.

definições de palavras em inglês

 

Qual Dicionário Escolher?

Acredito que todo professor tenha seu dicionário em inglês favorito. E sim, professores costumam ter esse tipo de coisa favorita. Não é muito emocionante para o público em geral, mas um bom dicionário pode trazer horas de felicidade também.

Temos que considerar algumas coisas quando analisamos um dicionário em inglês, a começar pelo seu nível de inglês. Um dicionário em inglês não é feito pensando em quem está aprendendo inglês como língua estrangeira, assim, devemos analisar o quão simples e direto é a linguagem usada para definir uma palavra. Também importante são a quantidade e excelência dos exemplos além da menção de termos e expressões comuns que incluem a palavra que procuramos.

Para escolher seu dicionário em inglês terá que colocar esses e outros fatores na balança. Existem opções de dicionários em inglês para muitas finalidades, desde os bilíngues até os dicionários para estudantes ou específicos de expressões, etc.

O Dicionário Inglês-Português

Dependendo do seu nível de inglês, será extremamente difícil usar um dicionário em inglês com todo seu potencial. Afinal, se não sabemos inglês, como podemos procurar e entender exemplos e definições? Nesse caso, talvez o mais indicado seja um dicionário inglês-português. Deixo a dica: assim que puder, migre para um dicionário completamente em inglês. Mas não deixe de usar um dicionário bilíngue se precisar.

dicionário bilíngue inglês-português

 

Dicionário em Inglês Online ou Impresso

No Brasil existem grandes editoras, como a Melhoramentos que publica o famoso dicionário Michaelis, disponível impresso ou online. Mas a Porto Editora, maior editora de Portugal, também vende grande número de dicionários para esse mercado.

Temos à disposição o dicionário inglês-português da Cambridge University Press, que é fácil de entender, com definições e exemplos melhores. Mesmo quando o Cambridge peca em não ter alguma nota sobre gramática ou outro recurso, ainda acho melhor que a Michaelis.

Existem outros dicionários Inglês-Português internet afora como Linguee e WordReference que até são bons. O layout da WordReference dá dor de cabeça, mas é cheio de ótimos exemplos e “collocations”. Já a organização e exposição do conteúdo na Linguee é melhor. E todos estes são oferecidos online gratuitamente, sem necessidade de abrir conta ou fazer download de nada. Diga-se de passagem, hoje em dia a migração para online está quase completa. Sim, ainda existem pessoas como eu que adoram ter um dicionário em inglês impresso bem grosso em casa para folear. Mas essa transição para online já está bastante consolidada. Portanto, você deve encontrar recursos mais que suficientes completamente online.

recursos virtuais e impressos

 

Dicionário Somente em Inglês

Aqui entramos no cerne da questão. Se você busca apenas um recurso para entender o significado de uma palavra, qualquer dicionário serve. Mas o dicionário como uma ferramenta de auxílio na sua aprendizagem precisa ser algo mais robusto. A questão é o quanto.

No dia a dia, costumo usar o Dictionary.com. Gosto do layout fácil de ler, sem poluição visual, mas ainda com todas as definições mais comuns de uma palavra e uma frase exemplo para cada significado. Isso supre a minha necessidade 90% do tempo. Mais para baixo na página ainda temos alguma informação etimológica da palavra e também algumas expressões. Mas como dizemos, esse dicionário em inglês acaba sendo o suficiente para mim, um Americano, professor, que consulta um dicionário por prazer ou para tirar dúvidas de soletração, etimologia ou definições obscuras de palavras de baixa frequência. Talvez não seja o melhor dicionário em inglês para estudo.

dicionário em inglês online

Outro dicionário fantástico que entra nessa categoria é a Collins, com seu foco em definições bastante diretas e fáceis de entender e colocar em prática. Faltou um pouco de foco nos usos coloquiais da palavra mas este dicionário tem um recurso interessante que outros não deixam em evidência. A Collins tem uma escala de frequência de uso da palavra, que pode ser útil quando quiser escolher a palavra mais apropriada para diferentes situações ou apenas saber o quanto a palavra aparece no inglês.

dicionário em inglês Collins Cobuild

O dicionário da Macmillan merece uma consulta. Esse dicionário em inglês da frases-exemplo inteiras e tem um layout muito “clean” com boas definições. Esse dicionário até serviria como um dicionário para alunos por ter uma série de marcações interessantes, como vermelho para as palavras mais frequentes do inglês entre outras coisas, mas se você não sabe dessas coisas, elas se perdem.

dicionário em inglês Macmillan

Por último, você pode consultar um dos dicionários mais antigos dos Estados Unidos, a Merriam-Webster. Esse dicionário em inglês tem ótimas definições e é bastante completo, com links para sinônimos e expressões entre outras coisas. Na minha opinião as vezes falta um exemplo escrito por inteiro ou que seja mais do dia a dia, mas ainda é um dos dicionários mais vendidos nos Estados Unidos. A edição da foto abaixo (Collegiate Dictionary) é melhor que a normal.

dicionário em inglês Merriam-Webster

 

Dicionário em Inglês para Estudo

Talvez os meus dois dicionários em inglês favoritos para estudo sejam da Longman e da Oxford. Ambos oferecem material focado no aluno de inglês, com definições fáceis de entender e exemplos também em contextos simples e frequentes. Mas dos dois, a Longman se destaca e supera a Oxford em alguns quesitos. Só de usar e mostrar exemplos do corpus da língua inglesa já é uma fonte ímpar para exemplos em contexto. O corpus de uma língua é um estudo do uso de palavras em relação a outras. Então mostra o quanto a palavra é usada e quando usada, mostra em que sentido e com qual outras palavras aparece. Então usar o corpus da língua como base é tirar seus exemplos da fonte mais fiel de onde as palavras aparecem.

dicionário em inglês Oxford
dicionário em inglês Longman

Ambos são bastante completos sem inundar o aluno com informação e ainda exemplificando de forma simples de entender. Outro ponto interessante é o uso de “collocations”, ou seja, conjuntos de palavras que aparecem juntas com mais frequência e se tornam uma espécie de expressão. Isso é extremamente interessante para o aluno e um dos pontos mais importantes ao meu ver. Recomendo ambos, mas prefiro a Longman pelos motivos citados e também por sua tradição de foco no inglês americano. Cada hiperlink da Longman acima te levará para um produto diferente que considero útil. O primeiro é um Learner’s Dicionary, o segundo é um Active Study Dictionary, e esse último é a versão online do dicionário normal deles.

Apps e Recursos para Download

Hoje em dia é difícil encontrar uma área sem cobertura de internet, mas caso encontre ou talvez tenha uma pausa no seu plano de dados, você pode optar por fazer download de um dicionário em inglês antes de viajar. Assim poderá consultar o dicionário sem depender de conexão. Quase todos os dicionários citados neste artigo possuem aplicativos, vários com a opção de dicionário “offline” para download. Outra opção além destas é o TheFreeDictionary.com da Farlex, que se junta as demais como um dicionário em inglês e thesaurus.

Bom proveito e bons estudos!

×